mp3s

Depois de um bom tempo sem escrever devido a feriados, viagens, trabalhos, provas e etc, aos poucos vou retornando. Como já comentei em um artigo recente (leia: Como Procurar Arquivos usando o MS-DOS), o recurso de linha de comando do Windows está longe de ser poderoso como o de ambientes Unix, mas, se bem aproveitado, pode ser muito eficiente e útil para ajudar-nos a resolver várias necessidades do nosso dia-a-dia. O comando que vou mostrar agora vai ser útil para várias tarefas relacionadas a estrutura de diretórios, desde organização e localização de pastas e arquivos até a sua documentação, o que se torna especialmente interessante para administradores de redes corporativas de computadores. Por permitir a geração de saídas para arquivos textos, fica muito fácil desenvolver scrips automatizados, e, com outros recursos do próprio MS-DOS que irei mostrar em artigos posteriores, também será possível comparar e listar as diferenças e alterações nos arquivos de um dia para outro. Ansioso para começar?

Para acessar o prompt de linha de comando em seu Windows, abra o menu Iniciar -> Executar e digite “cmd”, sem as aspas (se o seu Windows não for NT ou superior, tente digitar “command”). Caso já conheça bastante o DOS e estiver achando essa introdução desnecessária, vá direto para: O comando Tree.

cmd

Com o prompt aberto, mude o diretório atual para C:\ com o comando “cd \”, sem aspas.

 O comando Tree

Ao digitarmos “tree /?” temos acesso a uma breve explicação de como utilizar o comando.

C:\>tree /?
Exibe de forma gráfica a estrutura de pastas de uma unidade ou caminho.

TREE [unidade:][cam] [/F] [/A]

   /F Exibir os nomes dos arquivos de cada pasta.
   /A Usar ASCII em vez de caracteres estendidos.

Suponhamos que você queira listar a estrutura de seus diretórios, partindo de C:\. Bastaria executar o comando “tree c:\”. O resultado será listado na própria janela do DOS, e, dependendo da quantidade de pastas, o comando irá demorar um pouco para terminar. Mas, listar o resultado na própria janela do DOS não é muito útil, concorda? Isso é fácil resolver. Podemos redirecionar o resultado para um arquivo. Como o comando TREE retorna de forma gráfica, temos que usar arquivos rtf se quisermos que a estrutura de diretórios fique bem formatada.

C:\>tree c:\ > c:\diretorios.rtf

O arquivo “diretórios.rtf” será criado se não existir, ou sobrescrito se já existir.
Caso não saiba, arquivos rtf podem receber gráficos, e são abertos pelo Microsoft Word ou Wordpad. Recomendo a abertura pelo Word, pois foi o único que conseguiu exibir corretamente os gráficos. Para isso, selecione o tipo de codificação MS-DOS na janela de conversão de arquivos do Word.

conversao

Utilizando-se o parâmetro /F, podemos listar também os arquivos de cada pasta. Mas CUIDADO! Listar toda a estrutura de pastas e arquivos partindo de C: pode ser muito demorado e deixar seu computador muito lento. Use esse parâmetro apenas para listar pastas com poucos arquivos, como por exemplo sua pasta documentos ou mp3s.

C:\>tree j:\mp3 /F > c:\mp3s.rtf

Se ao abrir o arquivo pelo Word, a janela de seleção de codificação não aparecer, habilite a opção “Confirmar conversão ao abrir” que fica no menu “ferramentas->opções” aba geral (no Word 2003).

geral

Na sequência, abra o arquivo e selecione “Texto Codificado” na janela “Converter Arquivo”.

selecao

Depois disso a janela de seleção de codificação será exibida e você poderá selecionar a codificação MS-DOS normalmente.
Em breve publicarei um artigo ensinando a comparar os arquivos criados por esse comando, e como monitorar alterações. Aguardem e até breve.

73 Responses to “MS-DOS: Como gerar um arquivo rtf com a estrutura de seus diretórios e arquivos de forma gráfica”

  1. sera que e preciso cadastrar meu cpf p/ fazer o cadastro da nt fiscal paulista.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como criar uma lista de arquivos de um diretório no Windows XP « Panorama Geek - [...] uma lista utilizando o comando TREE (dica retirada do blog Informatiquez) Abra o Prompt de Comando em Iniciar>Todos os …

Leave a Reply